Bem-Vindo à Clínica Simone Barros

Horário de Funcionamento : Segunda a Sexta: 8h às 21h | Sábado: 8h às 12h
  Contato : (31) 2531-4937

Drenagem Linfática

A drenagem linfática é uma massagem corporal que pode ser realizada com as mãos ou com aparelhos próprios. A técnica tem como objetivo principal a redução de edema (inchaços). Ela é utilizada para toda alteração que envolva inchaços e retenção de líquidos.

A drenagem linfática ajuda a eliminar o excesso de líquidos e toxinas do organismo facilitando o tratamento da celulie, inchaço ou linfedema, além de poder ser utilizada no pré e pós-operatório de cirurgia plástica.

Como funciona

Ela é feita com movimentos leves que percorrem a trajetória dos vasos linfáticos potencializando suas funções.

A drenagem boa deve doer e deixar roxo?

Isso é um mito. A massagem é leve e ritmada. Não é dolorosa, tem efeito relaxante.

A drenagem emagrece?

Não. Com a estimulação da circulação sanguínea ocorre a perda de líquidos em excesso no corpo humano. Isso, normalmente, ocasiona perda de medidas. No entanto, podemos dizer que se perde líquido e não gordura.

A drenagem linfática acaba com a celulite?

O que acontece é que a drenagem melhora a circulação, ajuda na oxigenação tecidual e diminui a retenção de líquidos. A celulite é um processo contínuo de retenção de líquidos, que provoca má oxigenação dos tecidos até formar nódulos. A técnica ajuda a quebra desse ciclo quando a celulite está no início, num grau pequeno. Se ela já estiver em estágio avançado, a drenagem pode ajudar, mas como um tratamento auxiliar.

Contraindicações drenagem linfática

A massagem é contraindicada para pessoas com infecção, pacientes com risco vascular como insuficiência cardíaca, trombose e hipertensão, em tratamento quimioterápico

Número de sessões indicada

Drenagem Linfática pós-operatório

Como técnica de massagem eficiente para reduzir a retenção de líquido, a drenagem linfática tem sido uma grande aliada do paciente no pós-operatório. Durante as cirurgias uma grande quantidade de proteína é depositada na pele. Essas protéicas possuem um tamanho  molecular maior que nosso sistema linfático consegue coletar e esta mesma proteína atrai água, que causa o efeito de inchaço. Se o paciente eliminar o excesso de proteína o quanto antes, mais rápido será sua recuperação deixando sua pele mais lisa e natural.

Além de reduzir o líquido, a drenagem linfática pós-cirúrgica é  indicada para aliviar dores, remoção de hematomas, redução de fibrose e acelerar o processo de cicatrização e recuperação.

Após quais tipos de cirurgias a drenagem linfática é indicada:

– lipoaspiração

– abdominoplastia

– mamoplastia

– mastectomia total ou parcial

– hidrolipoaspiração

– blefaroplastia

-rinoplastia

– ritidoplastia

– cirurgias de prótese de silicone

Quanto tempo após a cirurgia posso fazer a drenagem?

Cada tipo de cirurgia e situação vai demandar um tempo necessário de espera para iniciar as sessões de drenagem linfática. Cabe ao fisioterapeuta dermato-funcional avaliar o paciente em concordância com a avaliação do cirurgião plástico

Drenagem linfática pré-operatório

Os benefícios da drenagem linfática após a cirurgia é de conhecimento de muita gente, no entanto, ela também possui excelentes resultados antes de um procedimento cirúrgico.

A técnica ativa a circulação linfática, auxilia na micro-circulação local, nutre o tecido e ajuda na desintoxicação. Assim, a drenagem linfática é utilizada no pré-operatório para que após o ato cirúrgico o tecido que não for lesionado possa responder de forma mais eficiente. Age como um alerta ao sistema imunológico para que ele possa reagir de forma correta ao estímulo operatório e trazendo resultados mais eficientes e menos traumáticos.